Os valores gastos por Trump e Biden com anúncios no Facebook

Trump tem, nesse momento, 5.2 mil campanhas ativas no Facebook/IG. Os valores vão de 100 até US$ 20 mil por campanha. Algumas tem mais de 200 variações, outras apenas duas. Como comparação, no BR em 2018 o gasto total com propaganda eleitoral na internet foi de R$ 77 milhões.

Joe Biden por sua vez tem algo como 1.3 mil campanhas rodando, com valores que vão de 45 mil até menos de 100 dólares. As peças do candidato democrata também apresentam milhares de variações. Para além destes números acho necessário destacar algo um tanto quanto polêmico: Até hoje não se provou a eficácia e nem mesmo a aplicação da Cambridge Analytica nas eleições estadunidenses de 2016. Frustrante, né? Mas para além da gritaria da imprensa e de alguns vendedores de areia no deserto que prometeram milagres, pouco ou nada foi provado.

Sabe por que? Por duas questões que me parecem colocar em xeque a promessa do milagre da micro segmentação por terceiros: para que apelar para algum terceiro ator quando você tem acesso direto a quem detém os dados? No caso o Facebook. As campanhas estadunidenses recebem um suporte profissional de empresas como Google e Facebook, para falar apenas de dois behemoths da venda de dados mundial. Para quem já analisou o Audience Insights do próprio Facebook nos EUA, a segmentação por si só já é impressionante.

E por fim, para não me alongar demais: Democratas e Republicanos mantém, historicamente uma base de dados gigantesca. Os EUA, diferente do Brasil, tem uma legislação extremamente permissiva para esse tipo de informação.