As 20 notícias mais virais nas redes sociais – 31/07/2020

*atualizado às 08:30h

  1. Mãe compra galo e galinha para filho autista e é denunciada por vizinhos, em Cascavel;
  2. Felipe Neto é vítima de acusações falsas e ameaças nas redes sociais após fazer críticas a Bolsonaro;
  3. Weintraub é confirmado como diretor do Banco Mundial;
  4. Carta de mil padres com críticas a Bolsonaro esquenta racha político na Igreja;
  5. Ataques de internautas a Thammy Miranda são ignorados pelo mercado, e ações da Natura sobem na semana;
  6. Abraham Weintraub é confirmado como diretor-executivo do Banco Mundial;
  7. Wanessa Camargo encanta ao posar com o sobrinho: ”Presente que Deus nos deu”;
  8. Brasileira relata ter ficado um mês em CTI após ser agredida pelo noivo na Itália;
  9. Vacina da covid-19: Brasil é um dos países com mais doses reservadas;
  10. Influenciador digital Felipe Neto é vítima de fake news e de ameaças;
  11. Em 1º evento público após Covid-19, Bolsonaro fica sem máscara em meio a aglomeração com apoiadores em aeroporto no Piauí;
  12. Os 10 fazendeiros que mais desmataram a Amazônia nos últimos meses;
  13. Vídeo – Jornal Nacional expõe bolsonaristas responsáveis por crime de ameaça contra Felipe Neto;
  14. Ary Fontoura surge dançando na chuva e manda recado para Claudia Raia: ”Me divertindo”;
  15. Lava-Jato do Rio recorre de decisão de Toffoli que determinou envio de bases de dados para Aras;
  16. ‘BLACK IS KING’: confira links para baixar o filme com legendas em português;
  17. O fenômeno Camilla de Lucas: influencer chega aos 2M de seguidores e é entrevistada pelo Bial;
  18. Investigado por fake news, Luciano Hang agora diz que não é bolsonarista;
  19. Lei dos Puxadinhos afeta área tombada no Centro do Rio;
  20. Bolsonaro diz ter ‘mofo no pulmão’ após covid-19 e que está tomando antibiótico.

PROPOSTA: A ideia da lista é questionarmos, de alguma forma, as câmaras de eco que encontramos regularmente nas redes sociais online. A lista segue um cálculo que envolve velocidade com a qual as notícias foram compartilhadas e o volume de interações que elas receberam no Facebook e no Twitter. Provavelmente vocês serão expostos a notícias que a-) não faziam ideia de que existiram e; b-) jamais compartilhariam nas suas redes sociais online. O objetivo é exatamente esse: nos depararmos com aquilo que não necessariamente faz parte do nosso agrupamento.