Copa América, CPI e o Brasil virando piada regional

Somente Bolsonaro poderia juntar Copa América, #CPIdaCOVID19 e transformar o Brasil em uma piada latino-americana. Para isso, ele “uniu” perfis ligados ao esporte, política e imprensa, todos revoltados com um governo que não responde à Pfizer mas abre as portas para a CONMEBOL.

Imagem

O maior agrupamento [VERDE – 45% dos usuários] forma o talvez mais diverso cluster de usuários registrado pelo antibolsonarismo até aqui. São usuários que criticam o óbvio: temos um governo que prioriza futebol ao invés de vacinas durante uma pandemia:

O 2º maior cluster [lilás – 23,6% dos usuários] apresenta as estrelas: CONMEBOL, Alejandro Domínguez e Bolsonaro, lurados para um cluster que não o seu. Criticam a falta de vacinas e fazem piada com a condução do país durante a pandemia. Aqui é importante destacar: esse “lurar” ocorre porque Bolsonaro e CONMEBOL foram alvos de MUITOS ataques durante o dia:

O terceiro maior [laranja] agrupamento reforça a óbvia constatação: viramos piada latino-americana, com destaque para os usuários argentinos. O tweet de Jeffo representa muito bem isso:

Por fim, de forma patética, o agrupamento bolsonarista [azul] registrou 4,8% dos usuários e apenas 5% das interações. Lá, os mesmos de sempre – e ninguém mais – defendem o indefensável. É o isolamento bolsonarista nas redes, é o isolamento brasileiro no continente.