As 20 notícias mais virais nas redes sociais – 29/07/2020

*atualizado às 08h

  1. Thammy Miranda no Dia dos Pais: por que um homem trans ser homenageado te ofende?;
  2. Estudante picado por naja é preso no DF por suspeita de crime ambiental;
  3. Charlie Brown Jr. é confirmado na trilha sonora de Tony Hawk’s Pro Skater 1+2;
  4. Estudante picado por naja é preso, diz TV;
  5. Papa agradece MST por distribuir toneladas de alimentos durante pandemia;
  6. Bispos hipócritas atacam Bolsonaro e sinalizam racha;
  7. Polícia se despede do cão com um belo funeral. Seus brinquedos o acompanharam;
  8. Projeto do governo Bolsonaro prevê privatização dos presídios e…Confira!;
  9. Bolsonaro veta projeto que previa prioridade a mulher chefe de família no pagamento do auxílio emergencial;
  10. 1° lote da vacina de Oxford deve chegar em dezembro, diz Saúde;
  11. Funcionários do BB cobram que TCU investigue venda de créditos para o BTG;
  12. “Meu marido me fotografava nua enquanto eu dormia, e mandava para os amigos”;
  13. Rússia acelera processo de aprovação e promete vacina contra a covid-19 para agosto;
  14. Funcionários do BB pedem investigação sobre venda de créditos de R$ 2,9 bilhões por R$ 371 milhões para o BTG Pactual;
  15. Embaixador dos EUA ameaça o Brasil: ou bane a Huawei, ou sofrerá consequências;
  16. Orixás não deixam abrir terreiros na BA por pandemia, dizem líderes religiosos;
  17. Técnico de enfermagem de 22 anos morre com coronavírus em MT; ‘A gripezinha levou meu filho’, diz mãe;
  18. Eliza arrasa na prova final e vence o concurso Garota TD+;
  19. Psicóloga critica a Natura e alerta contra a “desconstrução da figura paterna”;
  20. Luto na Globo: apresentador Rodrigo Rodrigues morre de coronavírus e colega quase chora ao vivo;

PROPOSTA: A ideia da lista é questionarmos, de alguma forma, as câmaras de eco que encontramos regularmente nas redes sociais online. A lista segue um cálculo que envolve velocidade com a qual as notícias foram compartilhadas e o volume de interações que elas receberam no Facebook e no Twitter. Provavelmente vocês serão expostos a notícias que a-) não faziam ideia de que existiram e; b-) jamais compartilhariam nas suas redes sociais online. O objetivo é exatamente esse: nos depararmos com aquilo que não necessariamente faz parte do nosso agrupamento.