Bolsonaro pauta o dia, mas não controla a narrativa

Debate sobre a ditadura aqui no Twitter. O bolsonarismo até tenta pautar a narrativa, mas cada vez mais não tem o menor controle sobre ela. Mais curioso ainda se analisarmos as últimas semanas, quando esse movimento tem se tornado cada vez mais recorrente.

Chama atenção a quantidade e o quão nojentos são os ataques contra @miriamleitao. São fotos exaltando torturadores, menções “a cobra” e criminosos destilando o machismo contra a jornalista.

Essa incapacidade de controlar a narrativa das próprias pautas já aconteceu com a vacina, com o lockdown, com a interferência nas forças armadas e agora também com o golpe de 64.

Outro ponto interessantíssimo é: o tema apresenta um correlação positiva com o debate sobre COVID-19 nos últimos dias, isto é: o debate sobre a pandemia não arrefeceu com o aumento no número de menções sobre a ditadura. A realidade de + 3.6 mil mortes por dia se impõe.

Imagem