Quase 1 milhão de menções e o bolsonarismo acuado: #CPIdaCOVID

Quase um 1 milhão de interações marcam, ironicamente, um dos dias que o bolsonarismo registrou sua menor participação na #CPIdaCOVID. O campo bolsonarista começou o debate sobre a Covaxin, no início da semana, com 54% dos usuários. Ontem eram 32%. Hoje não chegaram a 25% [cinza].

Imagem
O link para o grafo em alta definição está no fim do post

Esqueçam o “derreter”, isso não vai acontecer tão cedo com o núcleo duro do bolsonarismo. O processo aqui é mais interessante ainda: esse campo está completamente perdido sobre qual narrativa abraçar.

São dois campos distintos mas que compõe de maneira geral o antibolsonarismo. O campo verde representa uma frente mais político-partidária de esquerda/progressista e oposição ao bolsonarismo. Já a rosa é um campo formado por divulgadores científicos e uma galera sensacional que se especializou no ‘fact checking em tempo real’ durante a CPI. É um campo que se forma, no antibolsonarismo, em decorrência da CPI.

para ver o grafo em uma melhor definição clique aqui